Quais são os períodos mais vulneráveis para o sistema imunitário do seu bebé? Como é que posso lidar com eles?

Muitas mães referem que os seus bebés são sempre propensos a doenças e têm uma resistência relativamente fraca. É claro que há muitos factores envolvidos na fraqueza de um bebé, o que muitas vezes causa muitas dores de cabeça às mães. De facto, há três períodos em que a imunidade dos bebés é mais vulnerável: no nascimento, no desmame e quando começam a frequentar a escola. Estes três períodos estão intimamente relacionados com o ambiente, a alimentação e o crescimento e desenvolvimento. Se forem prestados cuidados especiais ao bebé durante estes períodos críticos, acredita-se que a criança crescerá com muito menos sofrimento. I. No momento do nascimento Os bebés transportam muitos anticorpos das mães antes dos seis meses, mas como a resistência de cada mãe é diferente, algumas mães já são delicadas, além de muitos recém-nascidos não serem funcionais e não conseguirem impedir a invasão de vírus, por isso a resistência dos bebés durante este período é realmente muito fraca! Solução 1 . Amamentação exclusiva, tanto quanto possível De fato, toda mãe é a vaca mais natural para seu filho. Em um estado natural, raramente há uma escassez real de leite materno, mesmo que seja uma alimentação mista e o leite materno seja insuficiente, tente insistir que a criança coma até meio ano de idade. 2. vacinar-se a tempo Ao vacinar-se, pode estimular o seu bebé a produzir os seus próprios anticorpos e a ficar protegido contra os germes correspondentes. Por isso, se o seu bebé não estiver em mau estado de saúde para ser vacinado, é melhor vaciná-lo a tempo! 3. um sono adequado é uma garantia Um sono adequado não só promove o desenvolvimento da altura do seu bebé, como também permite que o corpo do seu filho desenvolva as suas várias funções, aumentando assim a resistência e melhorando a imunidade. Durante o período de recém-nascido, os bebés crescem a um ritmo mais rápido e devem dormir o suficiente para suportar o seu rápido crescimento físico! Em segundo lugar, durante o desmame O período de desmame, a principal fonte de fornecimento de anticorpos ao bebé é subitamente interrompido, além de que, após 6 meses, devido às necessidades de crescimento da criança, o leite materno é difícil de fornecer todos os nutrientes necessários ao desenvolvimento. O sistema imunitário da criança estará relativamente fraco durante este período. Muitas mães estão prontas para desmamar os seus filhos quando adicionam alimentos complementares, mas devido à sua inexperiência, não fazem ciência suficiente na adição de alimentos complementares, o que leva a diarreia ou doença em muitas crianças. Portanto, preste atenção à ordem correcta de adicionar alimentos complementares e princípios relacionados e, em seguida, vá para a situação real do bebé para se ajustar adequadamente, de modo a garantir que a nutrição do bebé é equilibrada e abrangente, e fazer um bom trabalho de ligação entre o leite materno e alimentos complementares. 2, ingestão razoável de vitaminas O crescimento e o desenvolvimento dos bebés não podem ser alcançados sem vitaminas, e estas só podem ser obtidas através dos alimentos. Portanto, os pais devem prestar atenção a quais frutas e vegetais são adequados para bebês nessa idade e quais vitaminas eles contêm, respetivamente, e então organizar a alimentação complementar do bebê para melhorar a imunidade do bebê. 3, mais sol Mesmo no inverno frio, você deve levar seu bebê para fora por um tempo, enquanto o sol é bom, porque os raios ultravioletas do sol podem matar o veneno, e vitamina D, pode promover a absorção de cálcio, mais sol é bom para a síntese de vitamina D. 4, mais exercício O bebé faz mais exercício não só pode crescer, mas também pode aumentar a resistência. Tenha em atenção que não é o ar frio que causa as constipações, mas sim os vírus e as bactérias, por isso não deixe de ir ao ar livre só porque está frio! Isto deve-se ao facto de a vida no jardim de infância ser diferente da vida em casa, e a bebida e a comida não são tão bem tratadas como em casa. Soluções 1. não vestir demasiado Não só é incómodo para o seu bebé andar de um lado para o outro, como as crianças que não têm capacidade para resistir ao frio têm mais probabilidades de ficar doentes. 2) Não encha o seu filho de lanches Muitos pais receiam que os seus filhos não tenham comida suficiente para comer na escola, por isso levam muitos lanches e metem-nos nas mochilas dos filhos. Como pode imaginar, as crianças podem continuar a comer corretamente depois de comerem um lanche? Já para não falar do facto de os intestinos das crianças não terem descanso e estarem sempre a comer, como é que não há problemas com os seus sistemas digestivo e de absorção? 3. ajudar o seu filho a aliviar o stress Os pais devem ajudar ativamente o seu filho a integrar-se na vida do jardim de infância o mais rapidamente possível! E, para que o seu filho faça uma melhor transição para o jardim de infância, é melhor guiá-lo através de livros ilustrados, etc., seis meses antes de começar a frequentar o jardim de infância, para que tenha um período de amortecimento interno e não aceite tudo de uma vez!

Apoie-nos

Discussão

Compartilhe sua experiência ou busque ajuda de outros pacientes.

Outros Idiomas

English Deutsch Français Español Português 日本語 Bahasa Indonesia Русский